terça-feira, 31 de maio de 2011

Judas Priest e Whitesnake no Brasil

Eu não curto nenhuma, mas pra quem gosta...

Whitesnake e Judas Priest que fará sua última turnê (aposentando-se assim como o SCORPIONS) farão 4 shows em Setembro (SP, RJ dia 11, BH e Brasília). Thanks men!

JUDAS PRIEST:
O nome Judas Priest (baseado no nome de uma música de Bob Dylan, The Ballad Of Frankie Lee And Judas Priest). Na guitarra 1, K.K. Downing e depois entra Glenn Tipton (as guitarras dobradas seriam mais uma marca a ser imitada entre as bandas de heavy metal inglesas que se seguiram). Durante anos, lançando discos por selos locais, a banda não conseguiu sair do underground (a sonoridade era realmente nova) mas conseguiu juntar uma legião de seguidores e outras bandas que copiavam seu estilo. (fonte: wikipedia)

---Discografia do JUDAS PRIEST:

• 1974 - Rocka Rolla
• 1976 - Sad Wings of Destiny
• 1977 - Sin After Sin ("Sinner", "Dissident Aggressor" e "Call For The Priest")
• 1978 - Stained Class ("Exciter" e "Beyond the Realms of Death")
• 1978 - Killing Machine (clássico)
• 1980 - British Steel (clássico/hinos: "Breaking The Law" e "Living After Midnight")
• 1981 - Point of Entry
• 1982 - Screaming for Vengeance (clássico/ hinos: "Electric Eye" e "You've Got Another Thing Coming")
• 1984 - Defenders of the Faith (clássico)
• 1986 - Turbo
• 1988 - Ram It Down
• 1990 - Painkiller (clássico)
• 1997 - Jugulator (destaque: "Jugulator", "Cathedrall Spires", "Death Row" e "Burn in Hell")
• 2001 - Demolition
• 2005 - Angel of Retribution
• 2008 - Nostradamus (disco duplo e conceitual)

segunda-feira, 30 de maio de 2011

OS CARA VELHO

Trabalho da banda deve ser lançado no próximo semestre

Foto: Giovanni Nogueira

Mais uma banda de Valença lançando cd! A competente banda de blues OS CARA VELHO aposta suas fichas no gênero e em breve lançará seu primeiro trabalho autoral. Segundo MArcelo Monte "Bom, já temos 7 músicas, esperamos até o final do ano completarmos o repertório de próprias e ai, no início de 2012, começar o processo de gravação... vamos ver, depende de uma série de outros fatores, mas a idéia é essa."
O álbum deve ter em torno de 10 ou 12 canções, e conforme meu amigo e ídolo Renato Nunes, "Pedras" deverá ganhar nova roupagem, ou ser limada da seleção final, já que o trabalho deverá ter as canções em entonadas no bom inglês de Marcelo Monte. A expectativa é de um trabalho furioso, fruto da vontade de seus experientes integrantes que já participaram de outras bandas renomadas de Valença, "a cidade dos tambores". Logimante posso estar errado, o que é provável, e não só "Pedras" ser incluída, mas como outras músicas em português e o cd ter 20 músicas! Bem, não deve ser cd, talvez dvd, talvez vinil... tudo "pode ser talvez", até o lançamento ser nos próxims dois meses, ou seis meses... Tudo "talvez". Mas uma certeza: será um grande trabalho de referência de alto teor de blues. Os tambores do Rodrigo, o grave do baixo únicos do Renatim, a guitar de 2 pedais do Léo... Esperamos que tenha pelo menos uma gaita em alguma canção... o big Heider pode ser o cara. Mais um trabalho autoral. Esse é o caminho! Deus seja louvado!

Bootlegs RAROS de música ?

Mais de 3.700 títulos!

De A-Ha a U2, passando por Iggy Pop, Elton John, Megadeth... coisa pra caraí... bem barato! poucos contos de réis! Acessa lá, ou fala com o André Boyd, o "eternal dark".

>>>>>>>>>>>>>> http://blog.clickgratis.com.br/eternaldark2011/

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Bandas da "OI NOVO SOM"

Algumas bandas estão entre as finalistas, destaque para Marcelo Jeneci, Emicida e Black Drawing Chalks (Stoner Rock de Goiânia)

Copiado de algum lugar:
"A segunda fase do 18º Prêmio Multishow de Música já está a todo vapor. E, os artistas Oi Novo Som estão entre os 10 finalistas em duas categorias: “Revelação” e “Experimente.”
-Revelação: Marcelo Jeneci, Tulipa Ruiz, Luísa Maita e Emicida
-Experimente: Vowe, Madame Zero, Sabonetes, Garotas Suecas, Letuce, Thiago Pethit, Tipo uísque , Fino Coletivo e Black Drawing Chalks
E, para quem não sabe o Prêmio Multishow é dado para os artistas que foram destaque no ano de 2010 nas categorias: Revelação, Melhor Cantor, Melhor Cantora, Melhor Grupo, Melhor Show, Melhor Clipe, Melhor Álbum, Melhor artista/Dulpa Sertaneja, Melhor Música, Melhor Instrumentista , Melhor DVD, Experimente (aquela banda que você adora mas pouca gente conhece)".

The Black Bullets - Tributo a Pink Floyd

Ingressos já na semana que vem! E DVD "The Black Bullets Tributo ao Pink Floyd I" vendido na hora!

Quem já está na expectativa, partir da pxma semana já pode adquirir o ingresso a módicos 10 real. Galera que quiser vir de fora, pode entrar em contato pelos telefones (24)8112 8348 ou (24) 2453 1038, e ainda pelo e-mail....thebbullets@gmail.com
Quem ainda não sabe, a banda gravou o Tributo ao Pink Floyd ano passado calcando o repertório nos discos The Dark Side of the Moon na íntegra e Division Bell, mas apresentou sons de Animals, More, Wish You Were Here e outros que não lembro. Expectativa grande para um show ainda melhor, com telões talvez, músicos de apoio, Nariz talvez, Tato talvez... o suposto baixista novo, Kjo (talvez) trabalho de pesquisa do big master Alexandre Fonseca. É, não é treino secreto do Fluminense, mas é melhor ficar tudo no "talvez". Expectativa também para o pós show, já que a banda deve se enfurnar para gravar o seu tão esperado trabalho autoral. Quem não conhece Animals deve ouví-lo imediatamente, pois na minha opnião (que não vale de porra nenhuma) é um dos melhores discos do Pink. Lembrando que todo filho que se preza deve comprar um ingresso pro pai devido ao dia dos pais no mês seguinte.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

RATOS DE PORÃO, DEAD FISH, MATANZA...

Freak Show dia 16 de junho em Volta Redonda pode ter grande atração!

DFRONT/SA que fez show fudido em Valença no "Arte Valença!" está confirmado pra abrir! Entre as grandes, "Claustrobia" e "Confronto" também correm por fora. Banda de Valença também pode tocar.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Festival Internacional de Jazz de Rio das Ostras

JAZZ de 22 a 26 de junho.


Shows todo os dias de 11h da manhã até... De 22 a 26 junho o Festival Internacional de Jazz de Rio das Ostras. Em 4 lugares espalhados pela cidade. Previsão de 120 mil pessoas. Medeski (piano), Martin (bateria) e Wood (baixo) com Bill Evans que tocou com Miles Davies são os mais esperados. Além de Azymuth, Leo Gandelman, entre outros. Mais info em: http://www.riodasostrasjazzeblues.com/joomla/index.php

segunda-feira, 23 de maio de 2011

ARTE VALENÇA! - - matéria e fotos até sexta

CRE TINA - Distorção da Baixada Flunimense deixou a galera de boca aberta!

Foto: Giovanni Nogueira

segunda-feira, 16 de maio de 2011

quinta-feira, 12 de maio de 2011

ARTE VALENÇA! - "Os artistas de fora"

Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Resende, Volta Redonda e Barra do Piraí

Fotos: Divulgação
Ricto Mafia: dupla com guitarra e bateria, de Resende

Com dito abaixo, no post anterior, entre as atrações do festival cultural, está a diva Dóris Monteiro, eleita rainha na Era do Rádio nos anos 50, um dos maiores nomes da Bossa Nova. Além desta, outros artistas de fora da cidade estarão se apresentado, principalmente na parte musical.
O escritor Carlos Brunno S. Barbosa, de Barra do Piraí, sempre presente nas movimentações culturais da cidade, comandará o sarau de poesias “Solidões Coletivas” no sábado, dia 21, às 10 da manhã com um grupo de poetas, os músicos Fael Campos e Zé Zombie, além do grupo teatral Arte-Ofício, sempre presente nos lançamentos literários de Brunno.

De Volta Redonda vem a DFRONT/SA com seu metal calcado em bandas como Pantera, irá finalizar o evento “Um Grito Rock Em Uma Noite Fora do Eixo” que trará uma série de bandas de rock a partir das 17 horas de sábado no Jardim de Cima.
A Ricto Máfia, de Resende, traz em seu site www.reverbnation.com/rictomafia:
“De utopia adolescente à válvula de escape para frustrações cotidianas, a Ricto Máfia é, atualmente, a expressão de duas mentes que viveram em épocas diferentes, com praticamente a mesma trilha sonora: o rock dos anos 80 e 90. Hoje, o casal Ive Môco (guitarra/vocal) e Rafael Fralda (bateria) divide a vida, as ideias e a música, adicionando ao rol de influências referências literárias e o rock moderno dos anos 00 resultando na liberdade de compor músicas que vão de baladas à distorção, e ainda uma ou outra que lhe permite dançar. Atualmente, divulga o single "Paredes"” Ou seja, é esperar pra curtir.

A Elasticdeath, também de Resende, é do curioso subgênero de hardcore “Tokusatsu Power Violence”. Revelam que as músicas são marcadas por mudanças repentinas de tempo e timbres graves e sujos. “As bandas de powerviolence originais eram marcadas não apenas pelos andamentos velozes e vocais berrados, mas por essas características. Tokusatsu é um termo japonês que descreve qualquer filme de ação ao vivo ou na televisão.” A banda atualmente, divulga a demo "Terceiro Impacto", tem cerca de 30 mil acessos em seu my space e seu site é www.reverbnation.com/elasticdeath.

Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais

Lê Almeida: guitarras distorcidas e melodias trabalhadas

De Minas, Negro Léo traz o talento, a animação e o carinho de se apresentar mais uma vez em Valença, com apenas seu violão e seu parceiro no “cajon” - instrumento artesanal de percussão. Único representante também do estado de São Paulo, Wallace Costa, fará apresentação semelhante, porém solo com seu violão e gaita com sua música que passeia pelo folk, flerta com a bossa nova e apresenta pitadas de Velvet Underground - cultuada banda alternativa.

Stereomob: referências a Franz Ferdinand, Arctic Monkeys e Bloc Party

Do Rio de Janeiro, Lê Almeida, um dos nomes que mais despertam a atenção no cenário independente nacional, que diz que a experiência de tocar em vários lugares do Brasil é muito satisfatória. “Eu acho super demais poder tocar em algum lugar fora da região onde moro e poder desfilar acordes altos e ultradistorcidos com meus amigos. E, além disso, poder semear todos os roques da Transfusão em meio a todos os nossos discos” diz o roqueiro que tem seu próprio selo (um selo é uma gravadora, distribuidora e produtora independente). E finaliza, dizendo um pouco sobre seu mais novo lançamento. “Iremos realizar o lançamento do vinil ‘Coração Transfusionado’ na banquinha da Transfusão; no palco será o show novo com quase todo o disco novo ‘Mono Maçã’ lançado inicialmente na Inglaterra”.

Cre Tina: power trio traz presença feminina no baixo


Mais uma banda que faz o indie low-fi (independente de baixa qualidade) ou “roque de guitarras”, é a Cre Tina que revela em seu My Space, as influências de Stooges, Sonic Youth, Mutantes, The Who. O “power trio” conta com Letícia Lopez no baixo e na voz, e deve agradar o público que curte guitarra distorcida.
Stereomob faz também o estilo “indie”, lembra The Strokes com um pé no despretensioso rock brasileiro do início dos anos 80. Ricardo Gama, amigo da banda, destaca a bateria dançante, o baixo no melhor estilo 70’s e a guitarra grudando nos ouvidos, além da sonoridade ‘Disco-Punk’ da banda. E afirma que o Stereomob “é um misto de paradoxos e ambigüidades tão comuns ao mundo moderno. Música pra se ouvir batendo os pés. Não é de se surpreender que o rock sempre fale das mesmas coisas, dos mesmos casos e anseios. O rock é jovem, ele precisa disso, e ele precisa de cores e diversões que se perderam por aí... até agora”.
Os trabalhos de Lê Almeida e Wallace Costa podem ser conferidos no blog http://transfusaonoiserecords.blogspot.com. Cre Tina e Stereomob estão no my space, bem como Dfront/sa, Ricto Mafia e Elastic Death.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

ARTE VALENÇA!

"O futuro da música e da arte em geral é a interação de todas as formas de arte!" Alexandre Fonseca


PROGRAMAÇÃO OFICIAL:

* SEXTA FEIRA 20/05

15h. - Abertura da Mostra Fotográfica "Olhares Artísticos - Valença da Arte" com Vandré Fraga, Rosalia Ferraz, Gabriela Maia e Giovanni Nogueira.
- Mesa redonda com blogueiros de Valença: "Blog - O fanzine do século XXI ?"

- 19h. Esquete Teatral "As Cachorras"
- 20h. João Jr. e Ângelo Gregorini
- 21h. Dóris Monteiro (Bossa Nova)
--------------------------------------------------------
* SÁBADO 21/05

10h. -"Solidões Coletivas" - Sarau de Poesias organizado pelo escritor Carlos Brunno S. Barbosa
-Varal Cultural "Paz, Amor e Arte"
-Movimentação Artística Surpresa

12h. - Tavie & Gabriel Acústico (Pop Rock)
12:30h. - Ramiro & Felipe
13h. - Léo Vinícius & Felipe Horácio (Mpb-Pop)
13:30h. - Caravana da Comédia
14h - Cia Phoenix de Teatro
15h. - Negro Léo (Pop Mpb/ Minas Gerais)
15:40h - Momento "Poesia Falada"
16h - Os Bossais (Pop Rock/ Valença/RJ)
16:40h - Cia Phoenix de Teatro

EVENTO: "UM GRITO ROCK EM UMA NOITE FORA DO EIXO"

17h - Gadernal (Grunge-punk-hardocre-altenativo/ Valença/RJ)
17:30 - The Zombiez (Punk/ Valença/RJ)
18h - Black Cult (Metal - Valença/RJ)
19h - Ricto Mafia (Rock - Resende/RJ)
20h - Elastic Death (Rock - Resende/RJ)
21h - Wallace Costa (Folk/São Paulo)
21:30h - O Celeiro das Rochas (Blues/Valença-RJ)
22h - Stereomob (Roque de Guitarras - RJ)
23h - Lê Almeida (Roque de Guitarras - RJ) -
24h - Cre Tina (Roque de Guitarras - RJ)
01h - Vermillion Theory (Metal - Valença/RJ)
02h - DFRONT SA (Metal - Volta Redonda/RJ)

* Momento "Poesia Falada" entre as apresentações
* Caravana da Comédia entre as apresentações
---------------------------------------------------

* DOMINGO 22/05

15h. - I Mostra de Curtas Metragens de Valença (Cine Glória - Entrada Franca)

*****************************************************
QUER PARTICIPAR? AJUDAR? PATROCINAR? ligue para 8125-1469.

PROGRAMAÇÃO SUJEITA À ALTERAÇÃO.

Festival Cultural Arte Valença!

Evento terá cerca de 20 atrações entre 20, 21 e 22 de maio

O Celeiro das Rochas: blues do EP Capítulo 1 e novas canções no sábado - Foto: Vandré Fraga

Fotos: Divulgação
Dóris Monteiro: rainha da Bossa Nova da Era do Rádio na sexta-feira 21h

Negro Leo de Minas Gerais: alegria do POP passando pela MPB no sábado 15h

Tavie Gonzalez: esquete teatral “As cachorras” com Clareana Silvestre na sexta-feira 19h


Criado inicialmente como apenas mais um evento de rock, a ideia se transformou em um grande festival artístico, oferecendo além da oportunidade de artistas locais mostrarem seus trabalhos autorais, o intercâmbio entre artistas da região, do estado do Rio de Janeiro e do estado de São Paulo também. Segundo Bárbara Campos, locutora e uma das organizadoras integrantes do coletivo cultural, ainda há contatos sendo finalizados. “Há alguns contatos e uma banda de Campinas/SP, que queremos trazer, e dar a oportunidade de uma banda de Valença se apresentar lá também”. Locutora do programa Mundo Underground na rádio web valencarj.net, Bárbara será uma das apresentadoras, ao lado de Luiza Luth, que apresentou o Festival Rock Solidário.
O festival inicialmente seria o Grito Rock (realizado em vários países), mas depois de contatos feitos com produtores da capital, a ideia de mesclar o Grito Rock ao Noite Fora Do Eixo foi fundamental. “A visibilidade de artistas locais interessados em apresentar seus trabalhos autorais, o intercâmbio com outros artistas do cenário independente brasileiro é o foco” diz Johann de Paula, que afirma que as atrações serão filmadas, e enviadas à coletivos culturais em todo o país.
Para a secretária de cultura Danielle Dantas Mazzeo, as manifestações artísticas populares devem ser valorizadas. “Acho que tudo que vem da manifestação artística popular tem mil chances de dar certo, de fazer sucesso. Arte deve vir de baixo para cima, do povo, e não o contrário. No caso da secretaria de cultura, é um apoio que damos. Somos um instrumento da arte”, diz a secretária que espera a realização de um dos maiores eventos artísticos de Valença em muitos anos.
Para o professor Alexandre Fonseca, um dos participantes do coletivo cultural, a arte tem um papel fundamental. “Vejo a arte e a cultura como um dos vieses de renovação da cidade, sem querer abandonar a política, até porque tudo é política, e também as transformações econômicas necessárias. Entendo que a cultura popular e as manifestações artísticas, principalmente aquelas que vêm da juventude, representam um canal crucial para a revitalização da cidade. Eventos como este podem dar visibilidade aos artistas, apresentando assim outra Valença. Uma Valença que cria, que produz, que tem algo a dizer ao Brasil e ao mundo”.
Para o professor, a arte mostra é um caminho de mudança social. “É dar oportunidade, através da arte, para a juventude ser protagonista de sua comunidade. É importante termos o evento, porque Valença precisa descobrir caminhos para reconstruir sua história, repensar sua identidade e romper com determinadas amarras que ainda a prendem no passado. Sem grupos que monopolizem o poder e ajam indiscriminadamente sem que a sociedade reaja. A arte tem um papel fundamental para sensibilizar e despertar a cidade de uma certa letargia - pois muitas vezes parece que a cidade está anestesiada”. E finaliza: “A arte pode incomodar. Ela mostra um novo mundo e pode abrir caminhos. Pensando mais pragmaticamente, Valença pode se tornar um polo de arte alternativa na região, e isso pode resultar na atração de investimentos para o município e para os artistas envolvidos”. Na próxima edição, os artistas que irão se apresentar na praça Visconde do Rio Preto (Jardim de Cima) nos dias 20, 21 e 22 de maio. Você pode acessar o blog do zine mundo underground.blogspot.com e saber mais sobre o Arte Valença! Escolas e interessados podem ter maiores informações pelo telefone (24) 8125-1469.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

D3 e O CELEIRO DAS ROCHAS neste sábado no MR. NIGHT

Grande banda de Barra do Piraí e adjacências inicia os trabalhos

Vocês de toda a região sul fluminense, que gostam de rock, não podem perder: 5 pila, às 22h na Voluntários da Patria, Valença/RJ, Brasil. Promessa de ninfetas desfilando no ambiente e boas doses de "bebida quente" (café, chocolate quente, etc...)

THE BLACK BULLETS divulga cartaz do TRIBUTO AO PINK FLOYD em Julho

Formação será a mesma com a inserção de Tato(namorado da Mariana) nos violões no lugar de Duda
-- Cartaz do João concorre na modalidade MELHOR CARTAZ DE 2011 no Prêmio do Zine Mundo Underground, mas outros virão.

É, está chegando... e a banda promete surpresas, pelo menos eu espero uma produção ainda melhor (já foi foda ano passado, esse ano deve ser ainda mais dez) como um telão atrás da banda. Mais info em breve.

terça-feira, 3 de maio de 2011

HIPNOTIZE faz um ano com classe

Show foi marcado por repertório clássico

Filmagem, fotos e efeitos: Giovanni Nogueira

Abrindo o segundo bloco, a banda tocou suas grandes músicas Meantime e Erga os Olhos. Agradou o bom público presente, alguns já fiéis seguidores. Comentei que a banda me faz admirar sons que não curto como Oásis e Nando Reis. E arrebnta nas versões de RPM, R.E.M., Live e The Police. Enfim, como disse Vandré sobre a questão das "versões" (ao invés de covers) estão sempre presentes, sempre solicitadas e aguardadas pelo público. Esperando as canções autorais, só eu mesmo. Será que ninguém quer ouvir, será que não há espaço para as próprias? video

>>>"The Red Sky"


"Misticidade hipnótica presente desde os tempos de Sepher Yezirah"


>>>"Corredor da música autoral"


>>>"Incenso e tapetes sempre presentes criando o ambiente místico presente na banda"